Dicas para contornar a crise do coronavirus
Gestão

CORONAVIRUS: como a sua empresa pode contornar a crise

Acredito que nem nos nossos piores cenários de como seria o ano de 2020, passar por uma pandemia estaria na lista, não é mesmo?! A crise causada pelo novo Coronavirus, nome popular da doença Covid-19, vem afetando diversos países. E não é apenas a área da saúde que sofre com a atual situação, mas a economia também.

Entendemos a importância das medidas adotadas pelos governos como formas de tentar conter o avanço da doença, mas ver o nosso negócio fechado dá um aperto, né? Se sua empresa não faz parte dos chamados segmentos de necessidades básicas de sobrevivência, certamente está de portas fechadas e/ou teve que adaptar a rotina de trabalho para continuar funcionando (home office).

Todos os segmentos, de alguma forma, estão sendo afetados com o atual cenário. E muitas vezes, seja por causa do desespero, ansiedade, medo ou outros fatores, não somos capazes de enxergar possibilidades de contornar momentos como este que estamos passando. Pensando nisto, resolvi criar este artigo com algumas dicas que, nós aqui da Microsum, acreditamos que possa te ajudar a minimizar os impactos causados pela pandemia.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Tenha calma!

Pode parecer meio clichê falar isso, mas é necessário. Estamos diante de um momento incerto, não sabemos exatamente até quando irá durar e os próximos meses não serão fáceis, principalmente para as micro e pequenas empresas, autônomos e os microempreendedores individuais (MEIs). Mas com calma, conseguimos pensar em formas estratégicas de contornar as situações.

Análise financeira

Realize uma análise financeira da sua empresa para que você saiba o atual cenário em que se encontra. Veja o capital de giro, contas a pagar e receber, … Analise onde é possível economizar, quais gastos podem ser cortados. Negocie contas como aluguel e alguns contratos, converse com seus fornecedores e tentem chegar em um acordo. Se necessário, avalie a necessidade de trocar de fornecedor.

Entre em contato com clientes que possuem contas em atraso e negocie o recebimento destas dívidas. Seu cliente também está sentindo a crise, busque alternativas que seja benéfica para ambos os lados.

É interessante nesse momento, fazer uma projeção para os próximos meses, para entender como a queda nas vendas (algo quase inevitável nesse momento) irá afetar a saúde financeira do seu estabelecimento. O nosso sistema fornece relatórios precisos sobre a liquidez do seu negócio, sendo possível realizar projeções dos próximos meses, considerando alguns cenários. Isto é importante para determinar quais ações você precisa tomar para minimizar esses impactos.

Ações Emergenciais

O governo vem adotando uma série de medidas tributárias que adia, suspende ou altera o valor a ser recolhido aos cofres públicos e também os prazos de pagamento ou entrega de declarações. Estas ações beneficiam não apenas empresas, mas também pequenos negócios, microempreendedores individuais, empregadores de trabalhadores domésticos e pessoas físicas.

Com relação a área trabalhista, a Medida Provisória 930/20 permite que o empregador faça a redução da jornada de trabalho (por até 3 meses) acompanhada da redução do salário na mesma proporção, sendo que o governo arcará com parte do salário “cortado”. Também é permitido a suspensão temporária do contrato de trabalho (por até dois meses), neste caso, o governo faz o pagamento ao trabalhador via seguro desemprego. Nestes casos, a decisão deve ser tomada em comum acordo entre o empregador e o funcionário.

Outra medida é a realização de um empréstimo, via BNDES, a ser utilizado exclusivamente para folha de pagamento da empresa. Este empréstimo pode ser quitado em até 36 vezes, com carência de seis meses.

Analise bem a situação financeira de seu negócio, veja quais medidas melhores se encaixam a atual situação e que traga o menor impacto para você, sua empresa e seus colaboradores. Converse com seu contador, ele poderá te auxiliar nesse momento.

Busque alternativas de vendas

Não é porque o seu estabelecimento está fechado que você precisa estar parado. Provavelmente você já deve ter buscado alguma forma de continuar vendendo ou atendendo seus clientes. Se ainda não, está na hora de encontrar soluções.

Veja a possibilidade de seus colaboradores trabalhem de casa (via home office), fornecer um serviço de entregas, atender via redes sociais e whatsapp. Além disto, informe seus clientes e divulgue as medidas adotadas por sua loja para continuar atendendo durante este período de quarentena, assim eles saberão como te encontrar quando precisarem.

Além disso, você pode flexibilizar as formas de pagamento, como aumentar o número de parcelas sem juros no cartão, fornecer um desconto no pagamento à vista, um prazo maior para começar a pagar, pagamento parcelado no boleto ou quem sabe fazer uso do carnê de pagamento.

Claro que essas ações precisam ser planejadas, de forma a não prejudicar a vida financeira do seu negócio.

Serviços online

Agora, se o seu segmento é de serviços, use ferramentas para videoconferências e reuniões online; estude a possibilidade de realizar cursos e consultorias online. Todos nós precisamos nos adaptar a essa nova realidade.

Vendas no consignado

Se você trabalha com vendas no atacado, pode estar “sofrendo” vendo seu estoque parado, né?! Já pensou na possibilidade em fornecer suas peças por consignado para que autônomos realize as vendas. Desta forma, além das suas vendas, você estará ajudando trabalhadores que perderam o emprego ou tiveram seus contratos cancelados ou que estão em busca de uma renda extra.

Realize promoções

Certamente houve uma redução de procura e vendas por alguns produtos e segmentos. Este é momento de realizar promoções com produtos que possuem pouca saída, ou que estão a muito tempo no estoque. Caso possua uma loja de vestuário, selecione peças de coleções passadas e faça um bazar/outlet com descontos incríveis (claro que sem levar prejuízos), por exemplo. Se está realizando entregas, veja a possibilidade de fornecer entrega grátis, mesmo que com um valor mínimo de compra.

Se você possui um sistema de gestão comercial, pode utilizar a curva ABC para ajudar na sua tomada de decisão. Além do mais, o ERP também te fornece valores reais de custo e lucro de suas peças, te auxiliando na escolha dos preços.

Adquira nossas soluções com o Cartão BNDESPowered by Rock Convert

Divulgação

Esse é um ótimo momento para investir nas redes sociais de sua empresa. Com as pessoas passando mais tempo em casa, acabam por consumir mais conteúdo online.
Faça postagem de seus produtos, dicas de uso, use a hashtag #tbt às quintas-feiras para postar uma foto da rotina de seu negócio antes dessa quarentena, com os funcionários reunidos. Ações como estas, fazem seus seguidores lembrarem de você.

Procure outras alternativas de divulgar seus produtos e serviços. Faça um grupo no whatsapp com seus clientes mais frequentes, faça uma lista de transmissão, mostre seus produtos, forneça descontos. O Facebook também possui grupos específicos para compra e venda, talvez seja uma opção para o seu segmento.

E-commerce

Se sua loja possui produtos que podem ser vendidos e despachados para qualquer cidade, está na hora de investir em uma loja online. Ter um e-commerce trás diversos benefícios, como ampliar a sua área de atuação. Por que ficar restrito a sua cidade ou bairro, se você pode ampliar para todo o país?! Claro que também traz responsabilidades, como controle de estoque, compromisso com prazos de entrega, diversificar as formas de pagamento, fornecer todas as informações do produto, possuir um canal de atendimento, entre outros. Parece muita coisa, mas tendo planejamento, tudo flui bem. Hoje existem diversas plataformas de e-commerce e marketplaces disponíveis que você pode contratar.

Aqui na Microsum, temos o SAGE-WEB, uma solução para e-commerce, onde desenvolvemos um site exclusivo para o seu negócio, que é integrada ao nosso sistema SAGE-ERP, o que facilita muito o dia a dia da empresa, uma vez que a alimentação do sistema ocorre uma única vez. Além disto, durante todo o processo de criação, nós te auxiliamos com treinamentos, dicas e consultoria para obter um ótimo desempenho com essa plataforma.

Conclusão

Só cabe a você, gestor, lojista e empreendedor analisar seu negócio para tomar as melhores decisões, talvez algumas das dicas que mostramos aqui não seja a ideal para sua empresa, mas sirva como base outras ações. A maioria das dicas que trouxemos são fáceis de executar quando sua empresa já possui um sistema de gestão, visto que os dados e informações são mostrados através de relatórios e gráficos, tornando a visão da real situação da sua empresa mais nítida. Sem falar que com este sistema, os custos operacionais são reduzidos. Mas, se sua loja não possui um sistema de automação, e nesse momento não é possível fazer este investimento, nós podemos te ajudar. Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções e condições para enfrentar este momento.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *